Estudo demonstra que cafeína atenua sintomas da doença de Parkinson

Foram comprovadas melhoras nos problemas motores, rigidez muscular e dificuldades de movimento.

Pesquisadores da Universidade McGill, no Canadá, chegaram à conclusão de que a cafeína pode ajudar a atenuar sintomas de problemas motores em portadores da doença de Parkinson  (DP). O estudo foi realizado com 61 pacientes que ingeriram doses diárias da substância durante dois meses.

Durante o experimento, os pacientes, com idade média de 60 anos, foram divididos em dois grupos. Ao longo de seis semanas, um grupo consumiu diariamente pílulas com doses de cafeína, enquanto as outras pessoas ingeriram pastilhas sem a substância ou outras drogas.

A quantidade de cafeína diária foi separada em duas doses: 100 miligramas ao acordar e também após o almoço, nas primeiras três semanas. Após esse período, as doses foram elevadas a 200 miligramas por pílula até o final do estudo. Em comparação com uma xícara de café, o grupo ingeriu duas xícaras diárias no início do estudo e, após três semanas, a quantidade aumentou para quatro xícaras por dia.

Ao final do experimento, as pessoas que consumiram cafeína mostraram-se menos sonolentas e com melhoras nos problemas motores ocasionados pela doença, como rigidez muscular e dificuldades de movimento. Apesar disso, metade dos participantes relatou efeitos colaterais negativos, sendo mais frequente a queixa de dor no estômago.

Em uma escala de avaliação da doença, na qual o portador possui de 30 a 40 pontos, o benefício médio obtido com o consumo da cafeína foi um decréscimo de cinco pontos, mesmo que os dados ainda não comprovem, entre outras questões, a possibilidade de tolerância desenvolvida pelos portadores da doença.

Apesar de melhoras apreciáveis, a cafeína demonstrou efeitos menores do que as substâncias contidas em medicamentos utilizados para tratar a doença de Parkinson. Segundo os pesquisadores, isso confirma o fato de que a cafeína não tem o poder para substituir as outras drogas, mas sim de compor um tratamento terapêutico complementar.

 

Tags: , , ,

Comments are closed.

Dr. Nasser Alam – NeurologistaDr. Marcos Vinícius Della Colleta – NeurologistaDr. Márcio da Cunha Andrade – NeurologistaDr. Roberto César Pereira do Prado – NeurologistaDr. Renato Puppi Munhoz – NeurologistaDr. André Dalben – NeurologistaDr. Delson José da Silva – NeurologistaEva Wilma

Nuvem de Tags

Depoimentos (21)
Destaques (1)
Dicas e Orientações (28)
Notícias (37)

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck requires Flash Player 9 or better.

Sintomas

Alguns sintomas podem aparecer antes das manifestações motoras como a diminuição do olfato, sintomas depressivos, alterações do sono, constipação intestinal. Saiba mais